Follow by Email

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Confesso.

Confesso que hoje o sol não brilhou.
Que hoje nada aconteceu, e novamente fiquei em expectativas que não se solidificaram.
É atordoante esse sentimento de ineficácia, de falta de atitudes ou gestos que me fazem pensar o contrário. E pior do que isso, é imaginar que dentre tantas razões para pensar, penso naquela que menos ajuda; É inegável que hoje é um dia triste. Com toda certeza.
Dia triste pra pensar, pra acordar, pra viver. O bom de tudo é ficar dizendo coisas sem sentindo, saber que o coração tem desacelerado e que os pés, que antes andavam tanto, chegaram ao ponto de não aguentar mais e pararam diante de caminhos tortuosos.
É, confesso que hoje o dia não está pra mim.


Ou melhor, corrijo, não está pra nós.

2 comentários:

  1. Gostei do Textto. Cheio de sensibilidade, de pessoal. Parabens pelo blog.
    abs

    ResponderExcluir
  2. Também gostei do texto! Realmente, há muitos dia que " os propios" não tão pra gente! Foférrimo! Beijos. http://revistatudoteen.blogspot.com/

    ResponderExcluir